RSS

Apresentação

blogbanner.jpgDepois de muito estudo e pesquisa na comunidade blogueira e no meio artístico/poético na Internet foi observada a clara deficiência do universo cultural para absorver a demanda crescente do meio, uma vez que a Internet possibilitou que qualquer pessoa perdesse os pudores e barreiras e se autodenominasse artista única exclusivamente por que realmente é,  e não porque passou a “vender” sua obra e foi “distinguido” pelo mercado editorial e artístico.

Na Internet todo artista é artista na clara acepção da palavra, usando de sua liberdade de criar para cunhar arte, livre de tendências e modismos. Temos na Internet um universo underground da arte digitalizada. A idéia partiu da verificação da clara carência de espaço para desenvolvimento, exposição, publicação, divulgação, comercialização e crescimento técnico do elemento e meio artístico amador. O Projeto foi concebido pra dar tablado para todos esses artistas por meio de ações que promoverão a arte e cultura em ambiente digital, que será levada ao público através da tela de seus computadores, eventos culturais na sociedade e publicações e exposições do trabalho dos potenciais artistas que arrebanharmos.

Romperemos com os padrões da indústria cultural e nesse quesito seremos agentes da contracultura se for para produzir a arte arguciosa e não a arte vendível.

O PROJETO MACABÉA é um projeto cultural de cunho sócio-educacional e se permitirá agir como tal. Da mesma forma que se cunham a todo o momento fundações de todos os níveis, sejam elas assistenciais, culturais, de pesquisa e outros, concebi a idéia de instituir uma Fundação Cultural Digital. Dei o nome de Macabéa, e fica claro o porquê disto pra quem distingue na obra de Clarice Lispector a sua personagem Macabéa e toda a discussão filosófica, existencial, psicológica, artística em torno dela. Uma personagem avessa! Seremos o avesso!

Obviamente que um projeto assim carece da participação de pessoas envolvidas com a CAUSA da dispersão da Arte e Cultura por meios digitais e da aptidão e atrevimento que esse meio tem de planear a inserção e cidadania, abrangendo as diversas camadas de nossa sociedade, especialmente as menos favorecidas, levando a cultura aos jovens estudantes com o objetivo de detectar expoentes artistas num meio sem recursos culturais.

Todo Projeto tem um escopo. O nosso é a PRODUÇÃO CULTURAL SIMPLES E BEM FEITA por pessoas desvinculadas do universo comercial já dominado pelas grandes corporações que se favorecem das facilidades políticas e suas claras extensões. Como a figura dramática Macabéa, nós os macabeus faremos a prosa transformar-se em poesia e o poeta ser o prosa.

Uma revista eletrônica com facetas voltadas para a musicalização da cultura por meio da via digital é o primeiro de nossos “produtos”. Essa será a REVISTA TRAPICHES DE CULTURA E ARTE.  

Temos em mente a criação de um site que tenha a capacidade de ser uma revista sem deixar de ser um simples blog. Será um portal especializado na divulgação e discussão das tendências do meio e das inovações na criação artística.Um projeto que tenha a capacidade de ser um portal cultural sem se perder em armadilhas técnicas e dificuldades operacionais. Que possa ser divulgado com facilidade e tenha a destreza de reunir pessoas afins e leitores desavisados. Que sirva para Josés e Serafins, para blogueiros viciados a poetas, literatas, artistas de todos os níveis, estudantes e jovens em fase de inclusão digital. Acima de tudo nosso projeto deve gerar conhecimento, entretenimento, interatividade, inovação e um perfume de cidadania.

 

Seja bem vindo ao  Projeto Macabéa

  

André Oliveira, um Jerico
www.ideiadejerico.com

andre2.jpg
Idealizador, Autor do Projeto e
Coordenador de Produçãoandre2.jpgandre2.jpg

 

Uma resposta para “Apresentação

 
%d blogueiros gostam disto: